• Por Juliana Rocha

Transformando o Jipe em Jipe!


Sempre sonhei em equipar meu jipe, mas com o dinheiro sempre "esguelado", a transformação se iniciou aos poucos: A primeira coisa que modifiquei foi o PROTETOR DE CÁRTER. O original, bem frágil, foi amassado logo na primeira trilha-passeio, com apenas 1.200 km rodados. Me indicaram duas pessoas que fabricam o protetor, e por fim, um mês depois da compra do carro, em agosto/2014 diante da atenção, das explicações, do valor à vista (super desconto), e da distância, decidi pelos protetores Road Tech do Octávio Sarmento. Fui até a sua oficina em Campinas/SP e passei a manhã de sexta-feira ali, em meio a protetores de aço, acessórios para trilhas, uma poodle super simpática e uma conversa bem prazerosa sobre off-road com o Octávio, gente finíssima, conhecedor e entendedor deste mundo em que eu estava entrando de cabeça. Me passou dicas preciosas sobre lift, pneus de lama, snorkel, guincho, etc e tal. O leque se abria....

Enquanto fazia a "listinha" (em outro post), economizava $$$ para o próximo acessório, que seria o SNORKEL. Antes de colocá-lo, pesquisei bastante sobre, pois até o modelo 2009 da TR4, era necessário abrir um rombo (do tamanho de um punho) na lataria do para-lamas, nada legal para um carro recém tirado da montadora e uma proprietária chata como eu. Cheguei até ver pára-lamas para comprar, pintar e furar, mas fui tranquilizada pela Yuri Yonashiro, proprietária da OGZ onde dali uns meses eu instalaria o Snorkel, dizendo que o modelo novo (o meu), iria apenas 3 parafusos na lataria, e o furo mesmo seria por dentro do para-lamas, longe dos meus críticos olhos. Fiz um orçamento em novembro/2014, mas fui fechar a compra mesmo em fevereiro/2015, quando, após sair do trabalho debaixo de uma chuva torrencial, e pegar a alça da Av. dos Bandeirantes para a Rodovia dos Imigrantes, me deparei com praticamente tudo alagado, e na velocidade em que estava, era segurar firme o volante e entrar no aguaceiro, porque frear não era mais possível. A água subiu alto, passando pelo capô, para-brisas, até o teto e confesso que isso me assustou, uma vez que a entrada de ar do motor do pajero é logo ali na boca do capô e o tanto de água que subiu pelo capô não foi brincadeira. Quando cheguei em casa, já decidida pelo snorkel e pela sorte de não ter dado um calço hidráulico visto que o motor deve ter aspirado um pouco d'água, tratei de enviar uma mensagem para a Yuri, que ofereceu o mesmo orçamento de novembro passado, e então, marcamos a instalação dois dias depois, na mesma semana. Minha mãe não foi muito com a cara do snorkel, achando "um trambolhão" que não combinava com o carro. Hoje, dois anos depois, ela começou a gostar e disse que combina com o carro. Já meu pai ficou doido pra saber como funcionava aquele tal tubo, uma espécie de respirador hehehe, "mas pode mergulhar no rio com ele?" foi uma de suas perguntas.

Poucos meses após o Snorkel, e dia de pagamento, fui em uma loja do nicho off-road e fiz a festa. Comprei: CINTA DE 10 TON, ANILHAS, CAPA DE CHUVA, FERRAMENTAS DIVERSAS (CHAVE 13, CHAVE PHILLIPS, CHAVE DE RODA, ETC.), MACHADINHA, GALOCHA, CAPA DE BANCO, ETC. Nesta loja, lotada de adesivos, acessórios de tudo que é tipo, bancos esportivos, guinchos, pneus e rodas, meus olhos brilharam para um acessório que me indicaram adquirir, para me tirar dos enroscos principalmente quando eu estiver sozinha: UM GUINCHO! Pois bem, caríssimo, meus senhores e isto realmente não estava nos meus planos. Saindo desta loja, um pajero tr4 estaciona ao lado do meu, com um quebra-mato com protetor de farol, tipo desses da polícia! Foi amor à primeira vista! Tratei de perguntar onde o moço havia comprado aquele acessório e assim que cheguei em casa, enviei uma mensagem para o Sr. Jorge Serrano da 4WD Brasil, fabricante desses quebra-matos! O Sr. Jorge foi muito atencioso, tirou todas minas dúvidas e enviou um orçamento, não só do quebra-mato mas também de um possível guincho, caso eu quisesse o pacote completo. Isso foi no fim de 2015, mas infelizmente, muito fora de alcance ($$) para mim naquele momento.

Até o próximo acessório, teria bastante chão para juntar mais um montante e a meta até então era comprar as rodas aro 16, para então colocar os pneus lameiros. Porém, essa compra seria extremamente cara e perdurou por todo o ano de 2015. Nada deu certo e veio 2016. As rodas aro 16 e os pneus para lama, custam em torno de R$ 7.500,00 o jogo de 5 unidades já montadas e essas realmente, vão vir somente no ano que vem, em 2017. Mas, a listinha continuava e passado às rodas/pneus para o ano seguinte, vamos em frente.

Em junho de 2016, notei que minhas molas originais batiam secamente em qualquer buraco, valeta, lombada ou depressão na pista e quem ia de passageiro nos bancos traseiros sofriam com o baque. Me recomendaram colocar molas reforçadas/molas especiais, e assim o fiz. Instaladas as MOLAS REFORÇADAS, o jipe ganhou boa altura, principalmente na traseira, onde muitos perguntavam se tinha lift de 2". Ficou bem confortável, principalmente pros passageiros do banco traseiro, onde não tem mais a batida seca em qualquer depressão. Na trilha, ajudou bastante, pois como levantou um pouco, agora o jipe passa melhor em obstáculos que antes raspavam por baixo. Maaaaaas saberia que após instalar o kit "quebra-mato + guincho", cerca de 70kg na frente do carro, as tais molas reforçadas não aguentariam!

Com o 13° salário de 2015 guardado a sete chaves, e uma economia brava durante todo o primeiro semestre de 2016, além das vendas em minhas lojas virtuais de festas e lembranças (visitem! www.elo7.com.br/docenapalha e www.elo7.com.br/djudjufestas), e sem longas viagens, decidimos que havia chegado a hora do QUEBRA-MATO COM PROTETOR DE FAROL E DO GUINCHO ELÉTRICO. Em maio, entrei novamente em contato com o Sr. Jorge, que me garantiu o orçamento do ano passado, para a instalação ocorrer no fim de junho junto ao vencimento do boleto. Fiz o depósito do sinal e aguardei, mas a ansiedade era tanta (mais pelo quebra-mato do que pelo guincho!!) que toda semana eu dava um pulo na oficina do 4WD Brasil para saber a quantas andava minha encomenda! Neste meio tempo de idas e vindas, uma grande amiga me aconselhou a colocar um cabo sintético no guincho ao invés do cabo de aço, primeiro por ser mais leve e mais fácil de ser puxado na mão (o de aço pesa 37 kg e o sintético apenas 10kg), segundo por ser maleável e não enrosca tão facilmente no rolete como o de aço e terceiro que caso se rompa, não vira um chicote e somente cai por terra. Lá fui eu novamente na oficina solicitar o tal cabo sintético e passei quase uma semana estudando sobre este cabo, que por fim fiquei sabendo que o mesmo se chama cabo Kevlar e tem várias cores! O meu foi alaranjado, combinando com o jipe vermelho! Ficou fashion! Passei o dia na oficina acompanhando e até ajudando na instalação. Ficou top! Eu mal acreditava que mais um sonho se tornava realidade.

Na mesma semana, em uma loja de artigos off road, adquiri acessórios que serão necessários para o uso com o guincho: CINTA ABRAÇA-ÁRVORE, ANILHAS E PATESCA, esta última, foi encomendada por não ter em estoque.

Neste meio tempo, entre solicitar um orçamento à oficina 4WD Brasil, fazer o depósito do sinal e o dia da instalação, fiz um orçamento com o Luiz Felipe do Na Lama 4x4 referente à um BAGAGEIRO TIPO EXPEDIÇÃO. O valor era agradável e menor que o esperado, fora que ainda ganhei um descontinho para pagto à vista, porém não fechei negócio e ficou por isso mesmo. Pra minha surpresa, uma semana após a instalação do guincho e já sem um tostão furado no bolso, o Luis me manda uma mensagem dizendo que a fabricação do MEU bagageiro atrasou um pouco, mas que dentro de 5 dias estaria pronto. Hum? Oi? Bagageiro? Como? Peraí! E agora, pensei! De onde tiraria $$ para pagar o bagageiro que estava quase pronto para ser entregue? Graças a Deus, uma cliente fez uma boa compra em minha lojinha de festas e pude quitar o bagageiro. Para aproveitar, pedi alguns ajustes no mesmo, como locais para instalação de faróis auxiliares, reforço no suporte de fixação das longarinas e que o bagageiro fosse todo fechado (cercado).

No início de julho, o bagageiro estava pronto e combinei a instalação do BAGAGEIRO EXPEDIÇÃO lá na Oficina Street Motors do André Cebola, o Mestre dos Magos das Tr4, do outro lado da cidade, em Guarulhos/SP (Foram 46 km de "viagem" até lá para descobrir que o Luiz Felipe mora no bairro da Saude em SP, 20km da minha casa no ABC!)! Mas, não foi perdida essa viagem e aproveitei, para conhecer o pessoal do Na Lama 4x4 e o André Cebola, onde fui obrigada a tomar o café mágico da oficina! Agora tenho que voltar! rsrsrsrsrs De lá, um sábado de manhã, ainda saímos em comboio para conhecer uma fazenda com circuito off-road, Fazenda 4x4 nos arredores de Guarulhos, nada muito interessante, somente umas descidas e subidas no meio de um pasto, com vaquinhas e eucaliptos.

Pois bem, lembra das tais "molas reforçadas"? Bom, de reforçadas não tem nada, pois arriaram com menos de 15 dias após instalação do quebra-mato e do guincho. Mas essa substituição por molas realmente excelentes, ficará mais para o fim do ano, aí é outra história. . .

No fim de julho, resolvi fazer uma geral no Liberdade, então, além da revisão normal dos 50 mil km, ainda fez uma MANUTENÇÃO PREVENTIVA, mandei trocar todas as correias (dentada, tensor da dentada, ac/dh e alternador) e as pastilhas de freio. Fiz direto na ccs na Mitsubishi, com melhor valor e forma de pagamento em 2x no boleto bancário. Perfeito e o carro ficou nota 1000!

Para finalizar este mês de julho em grande estilo, adquiri dois PNEUS PIRELLI Scorpion ATR 225/65/R17 para substituir os dois dianteiros que estavam comidos por dentro. Os traseiros ainda tem bastante borracha para rodar! O mais legal disso tudo foi o preço que consegui neles! Liguei para várias concessionárias e lojas de pneus e todos me passavam orçamentos de R$ 800 a R$ 890 cada pneu! Até que me lembrei de uma loja onde fazia balanceamento de outros veículos que tive e dei um pulo ali! Para minha surpresa, cada pneu saia por R$ 550,00 e ainda ganhei um desconto de R$ 90,00! UAU! Parti de lá para uma oficina de um conhecido, a Oficina Elo do Sr. Lorival, mestre em alinhamento e solicitei a montagem dos pneus novos, assim como o balanceamento e o alinhamento! Ficou zero km!

Aguardem a parte II . . .


107 visualizações

© 2014-2020 por Liberdade 4x4

Contato: liberdade4x4@hotmail.com / liberdade4x4@gmail.com

 Todos os Direitos Autorais Reservados. Proibida a cópia e disseminação de imagens sem autorização.