• Liberdade 4x4

Novo Teste - Sapatos Novos

Atualizado: Abr 28


No final de abril deste ano, adquiri um conjunto de sapatos novos para a viatura, os Pirelli Scorpion All Terrain Plus, aro 17, com sulcos de 10mm, modelo novo, recém-lançado e com um precinho camarada (na época R$ 539,0 cada). Fiz uma postagem quando havia rodado seis dias com eles. Hoje, após 4 meses de rodagem e cerca de 5 mil km, trilhas, passeios, viagens e cidade, resolvi vir dar um parecer de como são os pneus.

Período de uso: 4 meses após aquisição - 5 mil km.

Calibragem: 28 libras vazio e 30 libras cheio.

Uso: 50% na cidade e rodovia (asfalto), 40% na terra e 10% na lama.

- CALIBRAGEM: Anteriormente, testei a calibragem de 26 libras, que fazia com que o carro se arrastasse e parecesse pesado, assim como, a calibragem de 30 e de 32 libras, que faz com que o carro pule igual um cabrito, seja no asfalto e muito mais em estradas de terra. Cheguei a conclusão que a melhor calibragem para estes pneus é 28 libras vazio e 30 libras cheio. Na terra/lama, as 26 libras vão bem.

- CONFORTO: Realmente é um pneu muito mais macio que o ATR (antigo da pirelli scorpion), quando passo em valetas, lombadas, buracos, ele não bate seco, e sim parece que amortece. Para subir em calçadas também "mal sente" de tão macio que é, já o ATR dava um "soco" mesmo usando o 4x4. A mesma maciez ocorre nos buracos das estradas não pavimentadas. Em estradas de terra, também é uma beleza, bem confortável e mal sentimos os buracos, diferente do outro.

- DUREZA: No post passado, havia comentado que nas lombadas e imperfeições da pista de asfalto, havia achado ele um pouco mais duro. Realmente, sim, é um pouco mais duro, mas é estável, sem sair do prumo.

- RESISTÊNCIA: Notei ser um pneu mais resistência, principalmente quando caímos nas crateras da cidade. O antigo ATR, qualquer "caidinha" nessas crateras era motivo para furar, rasgar e murchar e lá íamos nós visitar a borracharia. Este AT é mais resistente neste quesito, porque por mais que evitemos e desviemos das crateras, sempre acabamos caindo em alguma, e mesmo assim, ele se mostrou um pneu parrudo para cortes e rasgos.

- ASFALTO MOLHADO: A Tr4 sempre teve um sério problema com asfalto molhado, pneus ATR e tração 4x2: sinal de perigo, viatura balançando, patinando nos aclives, etc e tal. Quem tem TR sabe do que estou falando. Choveu, é hora de ligar o 4x4 se não quiser passar sustos e perigo no asfalto, principalmente em estrada e alta velocidade (acima de 90 km/h). Após a instalação desses pneus AT, o comportamento da viatura no asfalto molhado mudou da água pro vinho: mesmo com chuva é possível se manter em 4x2 sem balançar ou passar sustos. Andei em 4x2 até 100km/h com chuva forte e com garoa, carro foi bem, sem sustos. Em 4x4 então, vai mais que colado ao chão.

- OUTRAS IMPRESSÕES NO ASFALTO: No post anterior, também comentei que em 4x2 nas curvas fechadas até 40km/h, sentia o pneu destracionar se fizesse a curva acelerando. Teste por várias vezes, inclusive nos mesmos dois locais que ocorreu essa sensação. Acho que como o pneu era novo, devia acontecer isso. Não acontece mais, e olha que faço curvas bem fechadas com as obras que estão minha cidade e os retornos de cotovelo rsrs Está fazendo curvas em 4x2 perfeitamente, acelerando, sem qualquer impressão ruim.

- USO OFF ROAD: Em junho, julho e agosto pude testar os pneus no uso off road em passeios, trilhas e até uma expedição de uma semana. Simplesmente demais. São macios (como dito anteriormente), não dá baque seco nos buracos, se comporta bem em lama leve (não utilizei em lama pesada), e "sai" menos de traseira nas estradas com britas e pedregulhos do que os antigos ATR que a traseira dançava até na reta em chão de brita. Esse pneu parece que segura mais o carro. Muito bom. E isso em 4x2! Imaginem tracionado! E em um barro mais pesado, ele vai bem, também sem dançar muito o carro como os pneus antigos, que eram lisos. Gostei muito mesmo. Lógico, não é para um off road médio a pesado, mas sim para um leve, com estradas de terra e um pouco de barro para se divertir!!

- OUTRAS IMPRESSÕES NO OFF ROAD: Mas uma impressão que tive foi andando entre 50 e 70 km/h em estrada de terra e brita. No pneu antigo, o ATR, nas curvas ele saia de traseira, tipo uma derrapagem na brita. Neste novo pneu, é bem raro suas saídas de traseira (derrapadas) em curva, bem raro mesmo. Muito mais segurança em dirigir usando esses pneus.

- ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO: À princípio, não consegui fazer o balanceamento e alinhamento após colocar os novos pneus. Tive de rodar quase mil km para os pneus assentarem e aceitarem um balanceamento (com a roda no local) e o alinhamento (puxava muito pra direita) técnico, novamente com a oficina que frequento e indico, Oficina Elo em Moema, SP/SP.

- CONSUMO: Não senti diferença em relação ao consumo com os novos pneus AT. Está fazendo tal qual fazia anteriormente com os ATR, variando de 7,5 a 8,5km/l na cidade (anda e pára de SP), 8 a 9km/l em uso misto (sendo 60% cidade anda e pára e 40%estrada) e 10 a 12km/l na estrada de asfalto a uma velocidade máxima de 100km/h, tudo com gasolina aditivada V-Power da Shell e ar condicionado desligado.

FINALIZANDO:

Se você usa o carro no dia-a-dia e viaja/pratica off road leve aos finais de semana, largue o ATR e vá para o AT - em se tratando de pneus da marca Pirelli Scorpion. Melhor custo X benefício e a diferença em um site de pneus foi de R$ 20,00 reais cada pneu, sendo R$ 80,00 a mais ao adquirir os AT (All Terrain).

SUPER RECOMENDO!

Detalhes Técnicos da Fábrica:

MARCA: Pirelli

MODELO: Scorpion AT Plus

ÍNDICE DE CARGA POR PNEU: 102 (850 kg)

ÍNDICE DE VELOCIDADE: H 210 km/h

CONSTRUÇÃO: Radial

TIPO: Sem Câmara

APLICAÇÃO: Todo Terreno (All Terrain)

ADERÊNCIA TRAÇÃO: A

TEMPERATURA: B

TIPO DE DESENHO: Simétrico

LATERAL: Letras Pretas

SULCOS: 10mm

INMETRO: 001383/2012

LANÇAMENTO NO BRASIL: 2018

GARANTIA: 5 anos de garantia contra qualquer defeito de fabricação

Criado especialmente para o exigente mercado Norte-Americano, o Scorpion AT Plus chegou ao Brasil para conquistar o mercado. Otimizado para durabilidade, tração e desgaste. Alta resistência ao corte e corte dos elementos da banda de rodagem. Ejetores de pedras. Design da banda de rodagem agressivo e com a lateral desenhada. Desempenho equilibrado para condições on-road e off-road.


184 visualizações

© 2014-2020 por Liberdade 4x4

Contato: liberdade4x4@hotmail.com / liberdade4x4@gmail.com

 Todos os Direitos Autorais Reservados. Proibida a cópia e disseminação de imagens sem autorização.